RELACIONAMENTOS

Seja amor, por onde for.

É difícil ser amor. E quando digo ser amor, não me refiro apenas ao lado romântico da palavra, mas ao fato de amar ter um amplo significado, que abraça à toda sua diversidade e intensidade.

A gente tem que ser amor, na hora da em que a felicidade nos alcança, da mesma maneira que devemos também nos dispor à amar em momentos em que pode parecer impossível. É aí que o amor se mostra mais forte, real.

Somos emoção, sentimento, carne, osso, coração. E nunca foi tão complicado entender e viver, a magnitude de amar. Mas talvez a beleza e franqueza descritas por uma das pessoas que mais amou, através de um resgate e mudança de vida tão lindos, só reforça em meu coração que o amor é transformador. E ele alcança dimensões inimagináveis.

Paulo, o autor da carta aos Coríntios, foi um extremista em todo tempo. Enquanto passou sua vida desconhecendo a imensidão do amor, usava seu tempo para perseguição. Era ele, o responsável por dizimar centenas de cristãos. Seu nome era sinônimo de terror por onde passava. Mas ele conheceu o amor, e sua vida mudou. Ele, que era temido, foi amado tão intensamente, que sua história reverbera gerações e está gravada em um dos livros mais importantes da história.

Não quero discutir religião, mas gostaria de deixar aqui um dos capítulos mais maravilhosos que a Bíblia, meu livro amado trás.

1 Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o sino que ressoa ou como o prato que retine.

2 Ainda que eu tenha o dom de profecia e saiba todos os mistérios e todo o conhecimento, e tenha uma fé capaz de mover montanhas, mas não tiver amor, nada serei.

3 Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me valerá.

4 O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.

5 Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.

6 O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.

7 Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

8 O amor nunca perece; mas as profecias desaparecerão, as línguas cessarão, o conhecimento passará.

9 Pois em parte conhecemos e em parte profetizamos;

10 quando, porém, vier o que é perfeito, o que é imperfeito desaparecerá.

11 Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino.

12 Agora, pois, vemos apenas um reflexo obscuro, como em espelho; mas, então, veremos face a face. Agora conheço em parte; então, conhecerei plenamente, da mesma forma como sou plenamente conhecido.

13 Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor.

 E se em algum dia você duvide do amor, te convido a conhecer a pessoa que é todo o significado de ser amor por onde for, Jesus. Busque sobre ele, sem as amarras que a religiosidade te impõe, mas com a curiosidade e o coração aberto para conhecer Alguém cujo ato de amor, desencadeou o bem mais precioso que existe: você.

Thaissa Freire

Thaissa Freire

Em terra em que o YouTube e as gigantes de streaming imperam, eu carioca da gema, cristã que sabe que existe SIM, muito amor - e chuva - em São Paulo, não troco as palavras em forma de escrita por nada. Adoro um bom vídeo, piro nos GIFS, mas são os versos que fazem o meu coração refém.

Uma louca apaixonada por letras, Montreal (Canadá), e que faz do Blog das Meninas, o palco de seus sonhos mais doidos, escreve - sempre que a vida permite - sobre suas experiências de viagens, séries, filmes e livros favoritos, receitinhas pois é metida a chef de cozinha, músicas, e o que mais lhe vier à cabeça.
Thaissa Freire

Últimos posts por Thaissa Freire (exibir todos)

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply