VIAGENS

Angrignon Park, Quebec

Hoje eu queria falar sobre um dos primeiros parques que conheci, o Angrignon. Quando estava pesquisando sobre os parques de Montreal, esse me chamou a atenção por duas coisas, a primeira era por ser bem próximo ao metrô (linha verde), o que facilita demais o transporte. E segundo porque sempre me disseram que a vista era fenomenal. E estavam certos!

Os 97 hectares que compõem a extensão desse refúgio, que atraem diversas pessoas, principalmente as que moram na região, são repletos de beleza e muita tranquilidade. O ambiente atrai famílias, casais e muitos donos com seus animais de estimação. Ver cachorros brincando, principalmente no inverno, é uma diversão. Confesso que caminhar em parques durante o inverno é bem cansativo, pois ao contrário do que muitos pensam, neve não é leve, risos. E andar paramentado(a), com casaco, bota de neve, gorro, luvas, é completamente diferente de fazer o mesmo com roupas de ginástica, por isso, os parques passam de ambientes para prática de exercícios, à lugares para apreciação e passeios. Claro que sempre vai haver àquelas pessoas mais ousadas que independente da temperatura, correm como se não houvesse amanhã.

E como sempre, as imagens falam mais do que as palavras.

 

Thaissa Freire

Thaissa Freire

Em terra em que o YouTube e as gigantes de streaming imperam, eu carioca da gema, cristã que sabe que existe SIM, muito amor - e chuva - em São Paulo, não troco as palavras em forma de escrita por nada. Adoro um bom vídeo, piro nos GIFS, mas são os versos que fazem o meu coração refém.

Uma louca apaixonada por letras, Montreal (Canadá), e que faz do Blog das Meninas, o palco de seus sonhos mais doidos, escreve - sempre que a vida permite - sobre suas experiências de viagens, séries, filmes e livros favoritos, receitinhas pois é metida a chef de cozinha, músicas, e o que mais lhe vier à cabeça.
Thaissa Freire

Últimos posts por Thaissa Freire (exibir todos)

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply